Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.

Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.

Contar Segredos da Aparência
Cleide Torres Estilo de Vida - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.

Este artigo é para eu compartilhar um pouco da minha história com vocês, a história de Cleide Torres Consultora de Imagem. Quem sou, desde o começo até as mudanças pelas quais passei, tanto profissionalmente quanto pessoais, como a moda esteve presente em minha vida e a paixão por imagem me acompanhou e se tornou meu foco de trabalho. Sempre é tempo de estarmos mais perto, próximos e conectados. Venha me conhecer um pouquinho. Essa é a vida de Cleide Torres Consultora de Imagem.

O Início de Tudo

Essa história começa nos meus 13 anos, onde minha paixão pela moda começou, eu já me interessava e queria fazer minhas próprias roupas, então eu entrei para aulas de corte e costura, isso foi no ano de 1980.
Eu pedi para o meu pai me deixar fazer essas aulas. Minha mãe já costurava e fazia as minhas roupas e das minhas irmãs com sua máquina de costura – Somos 5 filhos, 4 mulheres 1 homem e eu sou a caçula , dessa forma, eu ia junto com ela nas lojas de tecidos e comprava os que eu gostava.
Minha mãe foi uma inspiração para mim eu considero que comecei no mundo do estilo com ela. Foi assim eu comecei a fazer as minhas próprias roupas.
Dos 13 aos 15 anos eu agi dessa forma eu penso que tinha uma boa aptidão para ser estilista, não é mesmo? Mas não foi isso que eu pude fazer….

Minha mãe foi uma inspiração para mim eu considero que comecei no mundo do estilo com ela.

Cleide Torres Primeiras Escolhas Profissionais

Morando em uma cidade de interior eu tive que escolher entre os dois cursos que existiam na época : formação de professores ou técnico de contabilidade. 

Eu escolhi ser professora e penso que foi uma ótima escolha. Aulas de filosofia, sociologia e didática me deram base para fazer o que faço hoje, afinal,  consultora de imagem é também uma professora pelas tantas coisas que a gente tem que aprender para ensinar aos nossos clientes.

Sobretudo por condições financeiras, a mentalidade era de fazer algo que gerasse renda e a questão moda na época parecia algo tão distante e desconhecido que as pessoas não acreditavam nas possibilidades.
Assim, ao invés de fazer faculdade de moda ou estilismo, como era chamada na época, eu fui fazer faculdade de direito. Como você pode imaginar eu não me identifiquei nada com a área e as condições da época fizeram o direito ficar para  trás.
Depois disso eu comecei explorar outras opções e a trabalhar com outros empregos, mas nada era tão certo para mim.

Vida Nova

Foi então que com 27 anos eu me casei e depois um pouco tive uma filha. O emprego do meu marido nos fazia morar onde a empresa tivesse sede, assim deixei o Rio e começou a minha trajetória de mudanças  por várias cidades do Brasil.

É uma situação de adaptação difícil! Eu descobri que a gente leva mais ou menos 3 meses para colocar a casa no lugar e começar a aprender a andar pela cidade e cerca de 1 ano para conseguir entrar em algum círculo social, dependendo da cultura local. Isso é tempo demais, não acha? 

Eu morei em varias cidade do Brasil, eu vi diferentes maneiras de pensar, aprendi que o conceito de belo é relativo e que a moda pode ser a mesma em todas as revistas mas a forma de usar é diferente em cada cidade. As prioridades mudam, o jeito de pensar, educação, religião e o comportamento social da mesma forma se modificam.
Até as palavras são usadas de diferentemente. Tem lugar que a gente chega e demora a aprender a forma de comunicação para começar a criar laços.

Nosso país é imenso e tem uma cultura maravilhosa! Eu me orgulho disso e me sinto privilegiada por ter tido essa experiência tão enriquecedora.

Cleide Torres Decoradora de Festas

Quando minha filha fez um aninho, eu pensei em fazer uma festa de aniversário. Naquele tempo, morando numa cidade do interior, não tinha ninguém fazendo festas, quero dizer, ninguém prestava esse serviço.
Assim, eu voltei ao Rio e comprei uma decoração de festa, balões e outras coisas para a festinha. Fiz, decorei, todos gostaram e começaram a me pedir para fazer festas para eles. Dessa forma eu me tornei decoradora de festas.

Decoração Cleide Torres - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.

Eu decorava a festa, alugava o material e fazia os balões. Fui a São Paulo para participar do 1° seminário internacional no Brasil de Arte com Balões. Não só aprendi diversas técnicas novas como também levei para casa diversas novidades em materiais.
Eu fazia decorações maravilhosas! Árvores de natal, papai noel, painéis com bandeiras… Tudo isso era novo no Brasil, foi um tempo bom.

Arte com Balões Cleide Torres - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.

Como eu me mudava muito, de cidade em cidade, a decoração também me ajudava porque eu saía de um lugar e ia para outro carregando tudo junto comigo. Porém, as mudanças começaram a ser cada vez mais rápidas em 1 ano eu tive que mudar por 3 vezes.

Era difícil a adaptação à nova cidade. Eram nova casa, minha filha em nova escola, a saudade dos antigos coleguinhas, da família, mas, eu como sou obstinada, fui resistindo. É muito difícil manter uma empresa com um perfil assim, cada novo local tudo começa outra vez, novos funcionários , novo local para fazer a empresa, nova forma de se organizar… 

Lembra que eu falei dos valores culturais? Cada local tem o seu perfil, então eu ainda teria que aprender a viver na nova cultura e adaptar a empresa à nova realidade.

Uma Festa Mudou Tudo

No fim de ano as festas aumentam e o trabalho também. Tinha feito 12 decorações em casas para o natal e  2 decorações em clubes para o ano novo. O momento decisivo foi em uma decoração para posse de prefeito de uma cidade do interior que eu morei.
No dia 1 de Janeiro tinha essa decoração para as 8 horas da manhã. Combinei com a equipe, remanejei funcionários, preparei tudo, combinei com a babá da minha filha.
Todos me afirmaram que iam comparecer!

Quando se mora no interior as perspectivas são diferentes , não se tem tantas opções de festas assim. Lembre que estou falando de 1990.

Estávamos acostumados a trabalhar de madrugada , tem que acordar muito cedo, começar a preparar horas antes da festa, buscar o material que seria usado nas festas. Já fazíamos isso, mas, na hora marcada ninguém chegou.
Os funcionários não vieram e, sem alternativas, fomos meu marido, minha filha e eu. Eu tive que levar a pequena dormindo, mas fui cumprir o meu compromisso. 

Coloquei um colchonete no chão levei um ventilador, deixei ela dormindo. Meu marido e eu carregamos tudo, montamos a festa, trabalhamos a madrugada toda sozinhos e terminamos às 6 da manhã. No fim das contas eram calos na mãos, dores insuportáveis de carregar e montar tudo sozinhos.
E pela primeira vez me veio um pensamento ao ver minha filha ali no chão dormindo, meu marido e eu correndo como loucos para dar conta: valia a pena?
A decoração não era difícil para uma equipe que já estava preparada seria um serviço de 2 horas com 5 pessoas trabalhando, porém levou 6 horas com 2 pessoas.

Foi muito difícil para mim, será que deveria continuar com esse trabalho? Esse sacrifício todo era válido?

Mudanças

Outra mudança veio dessa vez fomos para uma capital. Que beleza! Eu montei tudo e comecei a adaptação da vida pessoal e da empresa.
Mas não foi muito bom, não. A cultura totalmente diferente exigiu outros tipo ações e a empresa migrou de decoração para aluguel de louças, mesas e cadeiras.

Eu ainda resisti por dois anos mas não suportei essas pressões e decidi vender a empresa. Foi uma dor terrível que eu enfrentei. Eu investi todo meu potencial, minha energia nesse projeto eu adorava fazer esse serviço, além do investimento financeiro.
De fato, a situação financeira da empresa estava ruim, não saía do lugar. Aquele sentimento de fazer um coisa linda e que todos gostavam já não aparecia sobretudo aquela sensação boa que a decoração me trazia eu não tinha mais.

Cleide Torres Recomeçando

O sentimento de fracasso e de perda com o fim da empresa foi forte demais.
Mina autoestima ficou lá em baixo e eu tive que lutar contra depressão, levei um bom tempo para me recuperar.

Foi então que eu decidi olhar para dentro, cuidar de mim, me encontrar, me livrar desses sentimentos e buscar ser mais feliz.

Fui em busca de me conectar comigo mesma. Eu comecei a me olhar por dentro e por fora. Não tinha tempo para isso antes, até então eu sempre embelezei os outros, as festas, as decorações e agora eu precisava olhar para mim!

Descobri que eu precisava ampliar minha visão para me localizar, entender onde eu estava, como eu estava, o que estava sentido, o que me fazia feliz, o que tirava minha paz. São coisas de dentro e de fora. 

Eu sempre gostei de arte, descobri que minha arte sou eu, as coisas que eu faço, como eu penso, como eu sou: tudo isso é a minha arte.

O Retorno da Moda em Minha Vida

A fim de me refazer, comecei a fazer cursos nas áreas que eu gostava, comecei a reviver meus desejos de adolescente e a pensar em retomar sentimentos bons que me davam prazer. Decidi finalmente fazer a faculdade de design. 

No primeiro período do curso, todos os designs juntos: produto, moda, gráfico, e interiores. No primeiro semestre eu fiz História da Arte e amei! Também amei cultura brasileira e a teoria das cores eu amei mais ainda! 

Logo depois em 2008, eu fiz o meu primeiro curso de Consultoria de Moda e Imagem e Estilo na UFMG. Foi maravilhoso! As primeiras experiências como Consultora de Imagem.

Eu fiquei apaixonada pela ideia de poder ajudar pessoas a se encontrarem como eu me encontrei!

Eu comecei a cuidar da pele do rosto, a fazer tratamentos dermatológicos e estéticos com 42 anos. Passei a me sentir melhor, a recuperar a autoestima e o sentimento de fracasso foi se apagando dentro de mim. 
A consultoria me fez bem!

Mas até então eu não pensava em ter a consultoria como profissão, eu atuava como Consultora de Imagem para amigos e familiares, apenas como uma forma de me curar de me sentir útil e feliz. 

Cleide Torres Consultora de Imagem

A Consultoria de Imagem passou a ser mais presente em minha vida quando uma outra mudança chegou para mim: meu marido se aposentou e nós voltamos a morar em nossa cidade natal no estado do Rio de Janeiro. 

IMG 9363 821x1024 - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.
Cleide Torres Consultoria de Imagem&Estilo

Foi então que eu comecei a pensar que poderia ajudar outras pessoas também, assim como a consultoria me ajudou, ela seria boa para os outros.

Em 2016 eu comecei a minha reciclagem como Consultora de Imagem. Fiz cursos de aperfeiçoamento, estudei tudo que eu mais gostava. Fiz curso de consultoria, cores, tendência, consultoria masculina, noivas , cores, colorimetria capilar, cabeleireiro e maquiagem profissional.

Mas foi quando fiz o curso de visagismo que eu me encontrei – foi o paraíso descobrir que tudo que eu gosto de fazer, faz sentido. O fato é que sempre fui visagista, só precisava descobrir! Finalmente Cleide Torres Consultora de Imagem.

Fiquei realmente feliz e para a minha realização completa eu comecei a compartilhar o que eu faço e a ajudar pessoas. Eu descobri que mesmo que leve tempo, nunca é tarde para investir no que você realmente ama!

Mesmo que leve tempo, nunca é tarde para investir no que você realmente ama.

Cleide Torres

Eu criei o Segredos da Aparência porque sei que mudando o exterior, ajudamos a melhorar o exterior, os sentimentos a personalidade. Mudanças internas significativas acontecem quando mudamos a aparência do rosto, dos cabelos, das roupas.

Segredos da Aparência

O meu maior Segredo da Aparência é cuidado, quem se ama cuida de si mesmo, enquanto você cuida de si, você está se amando.

Cuidar do rosto, do cabelo, das roupas, é um carinho que eu faço comigo mesma. Eu digo para mim: “apesar dos meus defeitos eu me amo e cuido de mim!”

Por isso eu digo que ajudo você a cuidar de si mesmo.  Eu ensino para você o que eu levei 9 anos aprendendo e ainda aprendo. Tenho orgulho dos meus mais de 50 anos, da minha aparência e de dizer que aceitei os meus defeitos internos e externos e comecei a buscar minimizar o que eu não admirava em mim para me sentir cuidada, para me sentir bem comigo mesma.
Quando eu fiz isso, uma coisa boa encheu meu coração e foi quando eu percebi que posso fazer isso para que outros sintam esse bem estar também. 

Por isso estou aqui, eu ajudo você a cuidar bem de si mesmo!

Foi um prazer contar minha história para você, agora conte um pouco de você para mim!

ebook cores - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.
Escrito por
Cleide Torres
Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que Eu faço,

Cleide Torres

Cleide Torres auxilia clientes em autoimagem e expressão. Especialista em Consultoria de Imagem e Visagismo, sua metodologia incentiva a se observar em detalhes e alcançar a imagem mais adequada aos seus objetivos. Cleide Torres ajuda você a cuidar bem de si mesmo!

#segredosdaaparencia

Cleide Torres Cabelos Cor e Forma Visagismo
Cleide Torres Imagem & Visagismo

“/Meu objetivo é equilibrar a Individualidade que vem de dentro com a Imagem que se vê por fora/”

Brazil Chapter

Cleide Torres AICI E FIPI Member
Cleide Torres Member

EBOOK

Ebook grátis Visagismo Cleide Torres 1 - Cleide Torres Consultora de Imagem. Minha vida, moda e mudanças.