Controle Emocional. É possível baixar a intensidade de uma Emoção?

Controle Emocional. É possível baixar a intensidade de uma Emoção?

Contar Segredos da Aparência
Vídeo – Como baixar a intensidade das Emoções

Baseado no livro “Desperte o Gigante Interior” de Anthony Robbins, considerado a maior autoridade do mundo em Neurolingüística. A Neurolingüística é a ciência que trata dos fenômenos neuroassociativos de prazer e dor, como fatores decisivos do comportamento humano.

Em seu livro, Robbins afirma que ao sentir uma emoção que te cause dor, você pode tomar seis atitudes, bem rápido. A finalidade é vencer seus modelos mentais que podem estar te limitando e assim, alcançar benefícios com essa emoção. Agindo assim, você se preparar para no futuro, conseguir tirar alguma lição da emoção. Além disso ainda vai eliminar a dor que você sentirá num menor espaço de tempo.

Vamos conversar um pouco sobre cada uma delas. Eis a primeira:

1 – Identifique o que Você Realmente Sente

Na maioria das vezes você se sente pressionada sem nem saber ao certo o que está sentindo. Isto é, se sente “atacada” por inúmeros sentimentos e emoções negativas. Ao invés de se sentir pressionada, pare um instante e se pergunte:

O que eu estou realmente sentindo neste momento? Afinal, você pode achar que está aborrecida. Então faça outra pergunta para você mesma: Será que estou realmente aborrecida? Não será outra coisa? Pode ser que o que eu esteja realmente sentindo seja mágoa. Quem sabe esteja com o sentimento de ter perdido alguma coisa.

Aliás você deve entender que um sentimento de mágoa ou de perda não é tão intenso quanto o sentimento de raiva. Assim apenas pelo ato de reservar alguns instantes tentando entender seu real sentimento e começar a questionar suas emoções, você já vai conseguir diminuir bastante a intensidade emocional que está sentindo. Certamente esta simples atitude já ajuda a encarar a situação mais rápida e facilmente. Caso você pense: Eu me sinto rejeitada neste momento. Poderia se perguntar: Estou realmente rejeitada, ou é apenas uma sensação de separação da pessoa amada? Estou me sentindo rejeitada ou desapontada? Enfim, estou me sentindo rejeitada, ou um pouco apreensiva?

Vocabulário Transformacional

O autor tem uma teoria que ele denominou de “Vocabulário Transformacional” que ele define assim: “Pequenas alterações no vocabulário mudam a direção emocional, e com isso a qualidade de nossas vidas. Como será sua vida se você puder pegar todas as emoções negativas que sente e baixar sua intensidade? A fim de que não tenham um impacto tão poderoso, que lhe permitirá se manter sempre no comando. Como será sua vida se puder pegar as emoções mais positivas e intensificá-las? Assim você levará sua vida para um nível superior”

O conselho de Robbins para você neste primeiro caso seria o seguinte: Ao identificar o que de fato sente, você pode baixar a intensidade ainda mais. Isto vai tornar muito mais fácil aprender com a emoção que está sentindo.

2 – Reconheça e Aprecie Suas Emoções pois elas o Apoiam

Dentro de nós, temos muitos mecanismos de defesa, de autopreservação. Com as emoções não é diferente. Você deve buscar sempre o lado positivo. Evite o “lado negativo” , pois ele sempre vai tentar tornar as emoções em algo errado.

Robbins diz o seguinte: A ideia de que qualquer coisa que sente pode ser “errada” , é uma ótima maneira de destruir a comunicação honesta com você mesmo, bem como com as outras pessoas.

Felizmente, em nosso cérebro tem um dispositivo que manda um sinal de alerta. Dessa forma, algo nos faz tomar a atitude de fazer uma mudança no modo de ver a aquela situação que você está vivenciando. Bem como a ação que você pode estar pensando em tomar. O conselho de Anthony Robbins é que você deve confiar em suas emoções, mesmo sem poder compreende-las neste primeiro momento. Então deve manter a confiança de que dentro de você existe algo poderoso. Algo que sempre quer o seu bem, a fim de permitir o seu crescimento como ser humano.

Agindo assim, você vai conseguir acabar com uma verdadeira guerra interior. Vai poder sentir uma sensação de satisfação vendo respostas simples para o que a perturbava. Ademais, autor afirma que quando você trata uma emoção como errada, o resultado não é fazer com que ela seja menos intensa. Pelo contrário, a tendência de uma coisa que você resiste, é potencializa-la. O melhor a fazer é tentar gostar de todas as emoções. É trata-las com carinho. Assim você vai conseguir ter paz interior a este respeito.

3 – Seja Curioso Sobre a Mensagem que a Emoção Está te Oferecendo

O autor defende a ideia de que você tem o poder de mudar estados emocionais. Então ele diz para você se colocar num estado mental favorável a sentir curiosidade, com a intenção de aprender alguma coisa. Isso vai causar como se fosse uma pausa no padrão da emoção. Vai fazer com que ele entenda mensagens ocultas que podem ser reveladoras para seu autoconhecimento. Pois ficar curioso o ajuda a dominar a emoção. Além disso, vai resolver o desafio, e evitar que o mesmo problema ocorra no futuro. Sem dúvida, quando sentir qualquer emoção, o ideal é ficar curioso sobre o que ela pode te mostrar. Qual seria a melhor atitude a tomar para aproveita-la ao máximo? Por exemplo, quando a pessoa se sente solitária a dica é usar a curiosidade e perguntar:

“Será que eu estou vendo esta situação assim para achar que estou sozinho, quando a verdade é que tenho muitos amigos? Então se eu demonstrar o desejo de visitá-los, será que eles também não virão me visitar? ” – A verdade é que o sentimento de solidão está te dizendo que você precisa agir, ser mais transparente, se ligar mais às pessoas.

Robbins sugere quatro perguntas que devem ser feitas para aguçar a curiosidade sobre as emoções:

– O que eu quero realmente sentir?

– Em que eu teria de acreditar para me sentir da maneira como venho me sentindo?

– O que estou disposto a fazer para criar uma solução, e dominar a situação agora?

– O que posso aprender com isso?

Se tornando curioso sobre as emoções, você certamente perceberá particularidades sobre elas, na atual experiência e nas próximas.

4 – Seja Confiante

Inegavelmente, confiança é uma chave para muitos problemas. Às vezes você é derrotado apenas por não ter confiança. Portanto acreditar que consegue controlar a emoção já faz efeito. Sabe de um modo bem simples, porém, muito poderoso, capaz de controlar qualquer emoção com bons resultados? É recordar de uma situação em que você sentiu uma emoção parecida, e desse modo conseguiu controla-la. Inegavelmente se você conseguiu uma vez, pode controlá-la novamente. Isto mostra que você já sentiu um Sinal de Ação antes e tomou a iniciativa. Portanto já conhece uma estratégia de como mudar os estados emocionais.

Você já tem o “mapa da mina”, não perca tempo, recorde-se da situação, da emoção sentida e do modo positivo como a encarou. Esta experiência vai servir de exemplo. As ações que você tomou na época podem ser repetidas e produzir o mesmo efeito de antes. Naquela vez, você conseguiu mudar o foco da emoção? Mudou a atitude? Mudou a emoção de dor que causava?  Faça igual desta vez, tendo a confiança de obter o resultado que deseja, como já ocorreu.

Assim também mais um exemplo para ilustrar melhor a situação. Se você se acha deprimida e reverteu a situação antes, deve tentar se recordar do que fez naquela situação. Que atitude diferente você tomou? Resolveu fazer uma atividade que lhe dava prazer? Procurou encontrar amigos que a muito tempo não via? Se antes funcionou, faça igual agora pois certamente vai dar certo novamente. Seja confiante.

5 – Tenha Certeza que Pode Controlar não Apenas Hoje, Mas Também no Futuro

Quer saber qual o segredo para que você tenha certeza de que vai conseguir controlar a mesma emoção quando voltar a senti-la no futuro? Procure se lembrar do que fez na vez anterior. Para se assegurar que vai dar certo, o conselho é ensaiar o modo como agiu na ocasião que conseguiu vence-la. Nestes exercícios, tente ser o mais realista possível. Procure sentir todas as sensações que vivenciou, com sentimento de vitória sobre a situação. O fato de repetir várias vezes a situação com a intensidade emocional vai criar o que o autor chama de “caminho neural”. Este será o meio seguro de enfrentar o problema. Ele sugere que deve se anotar três ou quatro outras maneiras de mudar a percepção do problema. Outra forma é lembrar como você demonstra seus sentimentos e necessidades. E também, o que você faz para mudar suas ações.

6 – Fique Animado e Entre em Ação

Neste ponto, você já sabe com certeza o que sentia. Avaliou a emoção ao invés de combatê-la. Ficou curioso a respeito do significado da emoção e o que aprendeu com ela. Definiu como mudar a situação com base em experiências de vitória já vividas. Além do mais, ensaiou como enfrentar situações similares, criando confiança. Agora para completar com sucesso o processo só falta uma coisa – Fique animado, e entre em ação!

Este passo pode ser dado pois agora você já sabe que tem como controlar a emoção. Só falta AÇÃO. Não se detenha ao encontrar uma emoção que te paralise. Aplique o que ensaiou mentalmente para sair das percepções equivocadas. Tenha em mente as novas verdades que descobriu. Faça que se tornem um novo referencial nos seus sentimentos daqui para frente. Utilizando estas seis atitudes simples, você certamente vai conseguir controlar quase todas as emoções da vida.

Concluindo

Por vezes você enfrenta a mesma emoção em várias situações da vida. Com esta sistemática apresentada aqui, terá condições de identificar o padrão e mudá-lo com muita facilidade. Agora é praticar, para se tornar um hábito e entrar no “modo automático”. Como toda novidade, no começo será um pouco complicado, mas é só no início. Daqui a pouco tempo o que parecia um grande problema emocional, vai se tornar apenas uma oportunidade de crescimento pessoal. E o melhor, com novos horizontes e vencendo grandes e antes nunca imaginados desafios.

Vale ressaltar que o melhor momento para controlar uma emoção é o quando começar a senti-la. Quanto mais tempo levar para enfrenta-a, maior será a dificuldade de supera-la.

desperte o gigante interior 1024x1024 - Controle Emocional. É possível baixar a intensidade de uma Emoção?
Escrito por
Cleide Torres
Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.

O que Eu faço,

Cleide Torres

Cleide Torres auxilia clientes em autoimagem e expressão. Especialista em Consultoria de Imagem e Visagismo, sua metodologia incentiva a se observar em detalhes e alcançar a imagem mais adequada aos seus objetivos. Cleide Torres ajuda você a cuidar bem de si mesmo!

#segredosdaaparencia

Cleide Torres Cabelos Cor e Forma Visagismo
Cleide Torres Imagem & Visagismo

“/Meu objetivo é equilibrar a Individualidade que vem de dentro com a Imagem que se vê por fora/”

Brazil Chapter

Cleide Torres AICI E FIPI Member
Cleide Torres Member

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.

EBOOK

Ebook grátis Visagismo Cleide Torres 1 - Controle Emocional. É possível baixar a intensidade de uma Emoção?